Kunstkamera

Kunstkamera

Construído na Ilha Vasilievsky em 1727 a pedido de Pedro, o Grande para ser o primeiro museu do país, a Kunstkamera de São Petersburgo reúne todo o tipo de exposições peculiares e fora do comum.

No momento da inauguração do museu, as curiosidades e raridades naturais despertavam um grande interesse entre a sociedade da época, pelo que, com a desculpa da aquisição de conhecimentos, se foram reunindo tanto animais como humanos com diferentes deformações anatômicas.

O museu de relance

Durante o percurso pelas exposições do Museu Kunstkamera de São Petersburgo, iremos encontrar uma peculiar e incoerente coleção de raridades que foram colecionadas na busca de elementos naturais com um aspeto fora do comum, sendo apresentados como acidentes da natureza.

Entre as peças mais "peculiares" da coleção (para dizê-lo de alguma forma), encontra-se a cabeça de Willems Mons, o irmão de uma das amantes do czar.

O museu também conta com uma importante coleção de minerais e pedras preciosas, além de uma secção dedicada à antropologia e etnografia que reúne mais de dois milhões de objetos.

Um museu peculiar

A Kunstkamera reúne numerosos objetos fora do comum e alguns deles podem ser interessantes e surpreendentes, mas no geral não é um museu recomendável para os que passem pouco tempo na cidade.

Horário

De terça-feira a domingo: das 11:00 às 18:00 horas.
Segunda-feira: fechado.

Preço

Adultos: 300 (US$4,20).
Estudantes: 100 (US$1,40).
Acesso gratuito: terceira quinta-feira de cada mês.

Transporte

Ônibus: Linhas 7, 10, 24, 47 e 191.