Museu Hermitage

Museu Hermitage

Com uma impressionante coleção formada por mais de três milhões de obras de arte que o convertem em um dos museus mais importantes do mundo, o Museu Hermitage oferece um atraente percurso através da história da Rússia.

Um pouco sobre história

O Museu Hermitage de São Petersburgo teve a sua origem em uma pequena mas importante coleção adquirida por Catarina, a Grande, onde se incluíam peças de artistas de renome como Rubens, Rembrandt, Rafael e Ticiano.

À medida que a coleção foi crescendo, Catarina mandou construir um edifício anexo ao Palácio de Inverno, onde se começariam a expor as suas peças mais apreciadas. Esta harmoniosa construção de estilo neoclássico rapidamente se revelaria pequena, pelo que se construiu o Grande Hermitage, um edifício de três andares que foi sendo ampliado com o passar dos anos.

Amante declarada da arte e da diversão, diz-se que Catarina chegou a adquirir mais de 4.000 pinturas, cerca de 10.000 gravuras, 10.000 desenhos, 40.000 livros e cerca de 15.000 medalhas e moedas ao longo da sua vida.

Coleções

O Museu Hermitage conta com uma das pinacotecas mais importantes do mundo, ainda que ao longo das suas extensas instalações se possa encontrar uma temática muito variada que inclui todos os tipos de exposições.

  • Pintura: O Hermitage conta com uma das coleções de pintura mais importantes do mundo. Entres as suas obras podem ver-se trabalhos de grandes artistas como Ticiano, Rafael, Caravaggio, Leonardo da Vinci, Tintoretto, El Greco e Goya.
  • Escultura: Com uma das coleções de escultura mais importantes da Europa, no museu encontramos obras de artistas como Rodin, Antonio Canova e Lorenzo Bartolini.
  • Artes decorativas: A zona mais colorida das exposições está composta por requintados móveis, joias, peças em metal, louça, tapetes, fatos e mais de 200.000 obras de porcelana, entre outros elementos variados.
  • Arsenal: Com mais de 15.000 peças datadas desde a Idade Média ao Século XX, a coleção de armas e armaduras do imperador Nicolau I da Rússia está composta por armas de fogo, espadas, escudos e todo o tipo de material procedente tanto da Rússia como da Europa Ocidental.
  • Arte oriental: Mais de 190.000 peças que incluem moedas, medalhas, louça, esculturas e todo o tipo de peças procedentes de diferentes épocas nos países orientais.
  • Cultura russa: Formada por mais de 350.000 objetos procedentes do século X ao XX, esta coleção composta por elementos do quotidiano oferece um fiel retrato da história do país.
  • Numismática: Com uma das maiores coleções do mundo no seu estilo, conta com moedas de numerosas épocas e diferentes zonas geográficas.

Imprescindível

O Museu Hermitage é um dos museus mais importantes não só da Rússia, mas também de todo o mundo, pelo que se trata de uma visita a realizar durante uma viagem a São Petersburgo.

O único problema de ser considerada uma das visitas imprescindíveis de São Petersburgo é que se formam grandes filas e há muita gente visitando, pelo que recomendamos adquirir os ingressos com antecedência.

Visita guiada

O Museu Hermitage de São Petersburgo é um imenso complexo formado por vários edifícios e numerosas salas em que estão expostas mais de três milhões de obras e objetos, pelo que, para você não perder os principais pontos de interesse, o mais recomendável é reservar um tour com um guia especializado, com o qual você irá saltar as filas para comprar o ingresso.

Você pode reservar o tour através da nossa página no seguinte link:

Horário

De terça-feira a domingo: das 10:30 às 18:00 horas (quarta-feira e sexta-feira até às 21:00).
Segunda-feira: fechado.

Preço

Edifício principal e palácios: 700 (US$9,90).
Estudantes: acesso gratuito.
Terceira quinta-feira de cada mês: acesso gratuito.

Visita guiada pelo Museu Hermitage 50

Transporte

Metrô: Admiralteyskaya, Nevsky Prospekt e Gostiny Dvor.
Ônibus: linhas 7, 10, 24 e 191.